domingo, 7 de agosto de 2011

Sandy Leah não canta, HUMILHA!



video
BRIGA DE JOVENS MENINAS NAS PROXIMIDADES DO CLUBE FERROVIARIO, EM AUSTIN/NOVAIGUAÇU. O TUMULTO FOI APEARTEADO POR UMA MÃE DE UMA DAS BRIGUENTAS. 
'SEXO E PODER: A FACE ERÓTICA  DA DOMINAÇÃO"
Guido Mantega - exblogcm

video

"A REPRESSÃO DA SEXUALIDADE ESTÁ A SERVIÇO DAS SOCIEDADES AUTORITÁRIAS'
W.REICH - EXBLOGCM


video


FOTO PUBLICADA NO BLOG MILITA LEGAL
São dezoito (18) horas e trinta e dois (32) minutos, chegando a Nova Iguaçu. O Shopping, está abarrotado de pessoas. A maioria comedores de pizzas. Faço um breve giro. Não há opções. A grade de filmes não mudou. Embarco no buzão com destino a Comendador Soares.
Chego a Comendador Soares. Poucas pessoas nas ruas, devido ao frio. As ruas são escuras e há lixo espalhado por todos os lados.
O cruzamento em frente a igreja católica, está completamente abandonado.

Na noite escura as matas na serra MADUREIRA, ardem em chamas.
Nas ruas vazias de seres humanos, procuro por uma devassa. Não há bares, estão em extinção, a concorrência com as bancas de cachorro quente, hamburguês e batatas fritas. Mas, açougues estes, sim, tem por toda parte. Peixe só em AUSTIN. Chego a uma destas barracas, onde o fiado impera, peço uma devassa, ouço como resposta, só temos a subzero ou antártica. As duas são conhecidas pela faixa azul e os pingüins.
 Estou indo para o bairro Riachão (URG AUSTIN) - Chego a praça dos Aymores, apesar do frio crianças brincam em suas dependências. O cenário é o mesmo é o mesmo de Comendador Soares, barracas e barracas. Duas casas de pizza, aguardam a chegada dos clientes, possa ser que mais tarde o povo apareça. As farmácias estão sempre presente, e em seu interiores os bancos 24 horas.
  Como se ver na foto o lixo não é recolhido no sub-bairro Rosas dos Ventos.


O rio que corta o bairro está assoreado, precisando de uma dragagem com urgência.
Embarco no ônibus com destino Riachão, desta vez via estrada Abílio José Távora (Madureira) - os bairros estão desertos. As igrejas evangélicas sempre lotadas de fiéis. Não é o que acontece nas reuniões mensais dos partidos políticos, no máximo conseguem reunir trinta (3feitura0) pessoas, que não trazem novos possíveis filiados.
Passando o Marco II, mais adiante a nova sede da sub-prefeitura no bairro da Luz (URG Centro). A placa em fundo branco com letras azuis, bem a lus ficou muito bem. Absorve bem a luz, mostrando toda sua grandeza.
Chegando ao centro, os bares restaurantes estão lotados. Aqui a noite estar quente e agitada. Pudera! É a área dos ricos dos granfinos, como disse jornalista de famoso blog da cidade. Não é a minha praia.
Atravesso o viaduto do grande bispo, que foi preso e espancado por defender os direitos sociais do povo de Nova Iguaçu.


Nas fotos acima, imagens de Nova Iguaçu a Noite. 
A fila do "paraíso" estar enorme - grupo de jovens de Guadalupe, vão até o destino final no bairro Paraíso em Queimados. Eles acompanha os DJs e os Fankeiros, sejam a onde for os bailes.  Vestem e calçam roupas  e tênis de marcas caras. Na década de oitenta, realizei muito bales mela cueca em Vila de Cava. Eram muito bom. A turma se divertiam e bailavam coladinhos com as minas, ao som dos Jackson Five, Dave Macleean, Mike Sullivan, Make Davis, Carl Douglas e outros tantos da época  disco.
Desço no churrasco do VITOR, as devassas aqui são de litro, é só pedir.
Arroz, vinho e cerveja e um bom churrasco, foram devorados e engeridos.  Sigo até o Ferroviário, muito som alto, não houve ainda a apresentação dos astros contratados, e por isso o baile está vazio.
De repente uma briga, um grupo de garotas, resolveram partir para as vias de fatos. Como são folgadas as meninas de hoje.
Bebo duas devassas, tirou   papo com o barraqueiro - e fico sabendo que a briga é rixa antiga, entre uma de suas filhas e as meninas do bairro. A mãe foi em socorro da filha, e não deixou o por menos, agredindo a rival da filha. Duas EMOS desfilam pelos arredores, foram a causa da briga.
Meto o pé na estrada Austin Queimados - que o galo já cantou, anunciando o início da LUZ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário